let it be..

TO RALANDO


Oi galera,

Bom estive um tanto sumida por estes dias certo, muitas coisas aconteceram, muitas provas, muita matéria atrasada e, além disso tudo, estive doente com resfriado;Mas fiquei mais animada quando percebi que meu blog possui realmente leitores,O/(pois é tudo isso) ainda que não pareça,e isso me deixou muito surpresa.

Só atualizando não fui muito bem neste ultimo , ainda tenho muita matéria acumulada para estudar mas estou começando a me organizar e sim já sarei.

Estou mais animada, junho é o meu mês favorito talvez porque dia 1° seja meu aniversário, mas ao mesmo tempo em que esta data me anima também me vêm um peso, a idade vai chegando, as cobranças diminuem, mas a responsabilidade aumenta muito, cada dia eu me cobro muito mais em ter sucesso no vestibular. E é sobre isso que gostaria de comentar brevemente.

Quando terminamos o ensino médio e passamos apenas ao cursinho, muitas cobranças despencam em nossas cabeças. Muito mais do que os outros, nós passamos a cobrar cada vez mais uma profissão, a independência e aí é que vem o trabalho e estudo simultaneamente, frustrações, realizações, controversas que apenas aprendemos a lidar com a maturidade e isso gera uma ansiedade e a chamada "Sindrome do vestibulando"

É normal para um vestibulando pirar só de ouvir a palavra PROVA, aliás, é normal pra todo mundo! O ser humano tem uma verdadeira aversão por essa palavra! Sentimos uma cobrança interna enorme, e uma sensação de inutilidade ao depararmos com as dificuldades que aparecem. A preparação para uma prova de tal importância, que vai determinar sua vida dali pra frente, é realmente maçante.

E quando aparece a cobrança externa, de familiares e amigos? Isso realmente 'quebra'! Muitos têm a capacidade de criticar sem saber a ralação que o vestibulando está passando. Talvez devêssemos levar essa cobrança como incentivo, para aliviar um pouco a tensão, e fazer valer a velha frase de ‘levar tudo pelo lado construtivo’. Passar no vestibular seria uma forma de mostrar a todos que você é realmente dedicado dentro das suas limitações, que possui defeitos, como todos os outros, mas não desiste do sonho do curso superior.

O nervosismo nessas horas só faz aumentar as chances de ‘dar um branco’ na hora da prova ou ainda te fazer estudar noites a fio, pois estudar além da capacidade do cérebro de absorver o conteúdo é um grande erro. Não tente fazer o impossível na hora do desespero; apenas relaxe! Estude dentro dos seus limites e não esqueça de manter o foco.

Para encerrar, deixo uma mensagem quepode servir como incentivo para muitos:

“Apesar dos nossos defeitos, precisamos enxergar que somos pérolas únicas no teatro da vida e entender que não existem pessoas de sucesso ou pessoas fracassadas. O que existe são pessoas que lutam pelos seus sonhos ou desistem deles. Por isso, desejo sinceramente que você nunca desista dos seus sonhos!”.(Augusto Cury)

Um comentário:

Laurinha disse...

Olá Lirow,

O selinho que lhe dei e é seu está nesse link só clicar e copiar o selo e passar adiante, ok?
http://historiasdelaurinha.blogspot.com/2010/02/premio-dardos.html
Quanto a ser sua seguidora eu já o era, não sei como minha imagem saiu do seu blog, mas tive problemas no início de março com o "janelas" e até hoje a minha página apresenta erros, mas nada que não se resolva com pedido tão carinhoso...rsrs. Uma dica de blogueira mais velha (não espalha...rs)blog é que nem jardim: tem que regar, cuidar, adubar e encantar vez ou outra senão o mundo virtual nos esquece.
Comece sua coleção de selos, vai ficar lindo!
Beijos querida,